Companhia Ituana de Saneamento inicia ampliação da Estação de Tratamento de Água Rancho Grande em Itu - CIS
18379
post-template-default,single,single-post,postid-18379,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-11.1,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.6.0,vc_responsive
 

Companhia Ituana de Saneamento inicia ampliação da Estação de Tratamento de Água Rancho Grande em Itu

Principal ETA da cidade receberá quatro novos filtros. Cada equipamento tem capacidade para tratar até 150 litros de água por segundo. Autarquia deve reduzir gargalos na distribuição de água.

A CIS – Companhia Ituana de Saneamento inicia nas próximas semanas a primeira etapa da ampliação da Estação de Tratamento de Água Rancho Grande. A principal ETA da cidade receberá quatro novos filtros. Cada equipamento tem capacidade para filtrar até 150 litros de água por segundo. O investimento feito é de R$ 5.445.246,43 por meio do programa Saneamento Para Todos – Avançar Cidades do Governo Federal. O tempo estimado para a conclusão das obras é nove meses.

De acordo com o superintendente da CIS, Vincent Menu, atualmente a ETA Rancho Grande opera no limite, tratando até 600 litros de água por segundo. A instauração dos novos filtros permitirá melhor distribuição do processo de tratamento de água, com melhorias na qualidade e também redução de perdas. “Com a construção de mais quatro equipamentos poderemos, no futuro, aumentar a capacidade de tratamento de água de 600 para 900 litros por segundo”, explica Menu. “No entanto, antes de ampliar a vazão de tratamento da ETA, serão necessárias outras obras dentro da estação (novos decantadores e floculadores) e também nas captações de água bruta”.

Menu destaca que ao otimizar a capacidade da ETA Rancho Grande, a CIS terá respaldo para enviar mais água para os reservatórios de Itu em menor tempo.  “Com isso, teremos mais segurança para acompanhar o nível de água tratada em cada operação, refletindo na melhor distribuição para as chamadas pontas de rede – últimos locais da cidade que são abastecidos”.

Próximas etapas
A ampliação da ETA Rancho Grande ainda irá contemplar a construção de um novo reservatório de água, com capacidade para três milhões de litros; novos decantadores e reforma total do atual sistema de tratamento. Será instalada uma nova entrada da água bruta que vem de seis mananciais: Mombaça, Pau D´Alho, Braiaiá, São José, Fubaleiro e Gomes. Está igualmente prevista a reforma do sistema de reaproveitamento de água de lavagem de decantadores e filtros, para redução de perdas.

“O trabalho em gestão da água não pode parar. Investir na ETA Rancho Grande é fundamental. Somente esta estação supre o abastecimento de aproximadamente 120 mil habitantes. Este projeto de ampliação vai garantir mais água na torneira enquanto a cidade se prepara para seu desenvolvimento pós pandemia”, finaliza Menu.