Companhia Ituana de Saneamento inicia inédito desassoreamento da Bacia do Gomes - CIS
16692
post-template-default,single,single-post,postid-16692,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-11.1,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive
 

Companhia Ituana de Saneamento inicia inédito desassoreamento da Bacia do Gomes

Ações de melhoria nas captações de água do Fubaleiro e São Miguel também são planejadas. Com isso, autarquia segue com a maior frente de obras em saneamento dos últimos 10 anos.

Para garantir o abastecimento de água da população, a Companhia Ituana de Saneamento – CIS segue trabalhando para aumentar a captação de água bruta para a cidade. Com a finalização da Adutora Mombaça, agora a autarquia tem mais segurança para dar andamento nas melhorias em outras represas. Entre elas está o desassoreamento da bacia do Gomes, que dá suporte ao abastecimento na região central do município. Esta ação nunca foi feita no local, apesar dos inúmeros pedidos por parte da população. O processo consiste na limpeza e remoção de areia, sedimentos ou outros detritos acumulados no fundo das represas, de modo a permitir maior reservação de água.

O desassoreamento da bacia do Gomes contempla as três represas deste sistema. Segundo os engenheiros da CIS, serão extraídos 30 mil metros cúbicos de material sólido do local. Ou seja, a capacidade de armazenamento da represa será aumentada em 30 milhões de litros.

“É mais propício fazer desassoreamento de represas durante a estiagem e é importante dizer que não perdemos a água armazenada neste manancial. Esgotamos a água disponível e começamos as obras, que devem durar até 60 dias”, explica o superintendente da CIS, Vincent Menu.

Outras ações – A companhia também iniciou os planos para melhorar a situação de outras duas captações de água: São Miguel e Fubaleiro. De acordo com Menu, na bacia do São Miguel será executado um plano para ampliar a capacidade de reservação, com implantação de novas represas. Já no Fubaleiro, a autarquia vai melhorar o sistema de captação com reforma da estrutura civil da casa de bombas.
“Nosso trabalho não para. Seguimos com a maior frente de obras de saneamento dos últimos dez anos. Estamos com uma equipe preparada e disposta a vencer os desafios que envolvem o abastecimento de água em Itu”, conclui Menu.