Companhia Ituana de Saneamento inicia reforma de filtros e decantadores da ETA Rancho Grande - CIS
19887
post-template-default,single,single-post,postid-19887,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-11.1,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.9.0,vc_responsive
 

Companhia Ituana de Saneamento inicia reforma de filtros e decantadores da ETA Rancho Grande

Trabalho é continuidade do projeto de ampliação e modernização da principal estação de tratamento de Itu, iniciado em 2018. Obras devem durar dois meses e podem causar intermitências de pressão na rede de distribuição de água.

A Estação de Tratamento de Água (ETA) Rancho Grande passa por processo de ampliação e modernização desde 2018. O local já recebeu um novo reservatório com capacidade para três milhões de litros, macromedidores e outros equipamentos para controle e redução de perdas, quatro novos filtros e, a partir desta semana, a CIS – Companhia Ituana de Saneamento começa a reforma do sistema de parte dos filtros e decantadores que datam de 1987 e que, até então, ainda não haviam passado por manutenção incisiva.

O trabalho será iniciado com a limpeza, impermeabilização e troca de materiais e/ou sedimentos utilizados no sistema de filtragem. Na sequência, serão os decantadores que receberão as mesmas melhorias e também novas colmeias: equipamentos capazes aumentar a eficiência na decantação de partículas floculadas, aumentando a produtividade da estação durante o tratamento de água.

“Hoje a ETA Rancho Grande opera com dois módulos de tratamento de água com dois decantadores e 10 filtros, quatro deles inaugurados em fevereiro deste ano. Agora iniciamos a reforma de quatro filtros e um decantador. Com este trabalho, vamos otimizar a velocidade do tratamento de água e também reduzir perdas”, explica Reginaldo Santos, superintendente da CIS. “Vamos seguir trabalhando incansavelmente para garantir o abastecimento de água em Itu”.

De acordo com Santos, esta etapa das obras na ETA Rancho Grande deve durar até setembro. Ele ressalta que intermitências de abastecimento podem ocorrer em dias que a vazão do tratamento de água precisar ser reduzida. 

ETA Rancho Grande – O projeto de ampliação e modernização da principal estação de tratamento de Itu contempla a construção de mais um novo reservatório de água, com capacidade para três milhões de litros; novos decantadores e reforma total do atual sistema de tratamento. A autarquia ainda vai instalar uma nova entrada da água bruta que vem de seis mananciais: Mombaça, Pau D´Alho, Braiaiá, São José, Fubaleiro e Gomes. Ainda está prevista a reforma do sistema de reaproveitamento de água de lavagem de decantadores e filtros, para redução de perdas.