Companhia Ituana de Saneamento encerra 2022 com obras realizadas em toda a cidade - CIS
20177
post-template-default,single,single-post,postid-20177,single-format-standard,_masterslider,_ms_version_3.9.10,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-11.1,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-7.7,vc_responsive
 

Companhia Ituana de Saneamento encerra 2022 com obras realizadas em toda a cidade

A autarquia trabalhou incansavelmente durante o ano inteiro para aprimorar o abastecimento de água em Itu.

O ano de 2022 foi um ano desafiador para o sistema hídrico de Itu. Contudo, desde o mês de janeiro, a CIS – Companhia Ituana de Saneamento trabalha incansavelmente em obras de melhoria e aperfeiçoamento dos sistemas de abastecimento de água em todas as regiões da cidade.

Somente neste ano, a CIS entregou projetos importantes, como o novo reservatório Potiguara, os novos filtros e reformas na ETA Rancho Grande, a nova represa Braiaiá, a ativação de 12 Poços para suporte de abastecimento, a reforma da ETA Itaim e muitas outras obras que trouxeram mais qualidade de vida para toda população.

Para 2023 novas obras estão previstas em Itu. O superintendente da CIS, Reginaldo Santos, destaca que os investimentos na cidade permanecem. “Ainda há muito trabalho pela frente para atingir os 100% da demanda hídrica da cidade, que se realizará com a construção da Linha 02 do Sistema Mombaça em 2023”, disse.

Um ano de muito trabalho
Reservatório Potiguara e ETA Rancho Grande

Em fevereiro, a CIS inaugurou obras importantes para a cidade, como o Reservatório de Água Tratada Potiguara e os novos filtros da ETA Rancho Grande.

No Potiguara, o equipamento tem capacidade para 1 milhão de litros de água, beneficiando mais de 10 mil habitantes da região. Já na ETA Rancho Grande, mais de 120 mil moradores foram beneficiados com o aumento de 600 para 900 litros de água tratada por segundo.

Em julho, a CIS continuou com as obras na ETA Rancho Grande. Na nova etapa, parte dos filtros e decantadores passaram por reformas até o final de setembro.

Nova Represa Braiaiá e Novos Poços

Inaugurada em 1921, a Represa Braiaiá é uma das principais responsáveis pelo abastecimento hídrico de Itu. Porém, em janeiro deste ano, uma fatalidade da natureza culminou no rompimento da antiga barragem.

Após seis meses de muito trabalho, a CIS celebrou a entrega do local no mês de agosto. Atualmente, a Nova Represa Braiaiá conta com um barramento mais alto e pode armazenar mais de 40 milhões de litros de água. Anteriormente, o local tinha capacidade de armazenamento de 16 milhões de litros. Após o desassoreamento, novas minas foram descobertas, o que significa mais fontes de água no Braiaiá.

Além disso, em 2022, a CIS iniciou a ativação de mais 12 poços em Itu. Os equipamentos – localizados próximos aos bairros Potiguara, Santa Laura e Parque Industrial – garantem mais 40 litros de água, por segundo, direto na rede de distribuição de água da cidade. No total, serão 30 poços para suporte de abastecimento de água e 6.048.000 litros diários na rede de distribuição.

Reforma ETA Itaim e Linha 02 do Sistema Mombaça

Iniciamos em outubro a reforma da ETA Itaim, que contempla melhorias do sistema de filtragem, troca de decantadores e reforma e renovação de toda a estrutura civil da estação.

No mesmo mês, Itu recebeu os primeiros tubos da Linha 02 do Sistema Mombaça. A obra deve ser concluída no final de 2023, resolvendo a demanda de água da cidade.  A captação do Mombaça foi inaugurada em 2018 e está passando por melhorias para aumentar a capacidade de vazão. Por ser um sistema que não seca durante os períodos de estiagem, o Mombaça será capaz de fornecer água para a ETA Rancho Grande com vazão máxima.

“A população nos deu seu voto de confiança e a CIS segue trabalhando e entregando a maior frente de obras da história de Itu”, finaliza Reginaldo Santos.