Companhia Ituana de Saneamento reforça necessidade da água de chuva não ser direcionada para rede de esgoto - CIS
20254
post-template-default,single,single-post,postid-20254,single-format-standard,_masterslider,_ms_version_3.9.7,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-11.1,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-7.5,vc_responsive
 

Companhia Ituana de Saneamento reforça necessidade da água de chuva não ser direcionada para rede de esgoto

Imóveis ituanos devem ter saídas independentes para resíduos, principalmente nos períodos de chuvas intensas. Locais com tubulações de água de chuva ligadas de forma clandestina nas redes de esgoto podem ser notificados.

Nas últimas semanas, Itu tem passado por períodos de chuvas intensas que favorecem a recuperação dos mananciais que abastecem a cidade. Contudo, a CIS – Companhia Ituana de Saneamento, destaca que o alto índice pluviométrico também resulta em mais problemas de entupimento e vazamento de esgoto. Isso acontece pois diversos imóveis possuem ligações clandestinas entre a rede de drenagem pluvial (água de chuva) e a rede de coleta de esgotos das casas, prédios, estabelecimentos comerciais ou industriais.

“Água de chuva não é esgoto. No entanto, alguns imóveis de Itu fazem o despejo de esgoto na rede de água pluvial, que pode causar poluição de mananciais. Ou o caminho inverso: despejam água pluvial na rede de esgoto. A prática causa danos graves às tubulações de esgoto da cidade, que não resistem ao aumento de vazão com as chuvas. Como consequência, os casos de estouro nas redes, vazamentos e obstruções aumentam neste período”, explica o superintendente da CIS, Reginaldo Santos.

A CIS reforça a importância da população verificar se seus imóveis possuem tubulações separadas e/ou fazer as devidas correções para evitar problemas futuros. Imóveis com tubulações de água de chuva ligadas de forma irregular nas redes de esgoto podem ser notificados.

Óleo e lixo no esgoto – Outra medida já adotada pela CIS para preservar a rede de esgoto da cidade foi estabelecer uma parceria com a COMAREI – Cooperativa de Materiais Recicláveis de Itu para divulgar mais amplamente as suas atividades de coleta de óleo e itens recicláveis. Com isso, a autarquia municipal esperam reduzir entupimentos na rede coletora de esgoto causados no sistema pelo descarte inadequado de óleo de cozinha e objetos diversos.

Leia AQUI o material informativo já divulgado pela CIS.